Os Pequenos Jornalistas
Pesquisa

ELA E ELE
Por Maria Teresa Portal Oliveira (Professora), em 2015/11/13507 leram | 0 comentários | 126 gostam
A Leonor do 8ºB quis fazer este exercício de descrição para melhorar a sua forma de descrever. Vejam como resultou... Vamos ficar à espera da história...
ELA

Os seus cabelos loiros dançavam com o vento e o brilho das ondas do mar brincava no azul dos seus olhos.
A simpatia e a doçura com que olhava o infinito faziam lembrar o mais ínfimo pormenor da juventude e a alegria que irradiava do seu sorriso salpicava o céu de mil efeitos cromáticos.
Um coração cheio de vontade de viver, que a cada segundo bombeava uma claridade que lhe trazia a paz.
Era feliz! Vivia num mundo paralelo, sonhado e acarinhado por ela.
Tudo, para ela, era natural, positivo, admirável.
Focava o necessário, reduzia o irredutível e apreciava todos os dons que lhe pareciam meritórios.

ELE

Era de madrugada, a chuva escorria-lhe pela cara misturada com as lágrimas que lhe empobreciam a alma.
Estava só, apenas acompanhado da tristeza que pairava em si. A sua alma melancólica espelhava a sua existência.
A escuridão que o abraçava fazia-lhe recordar todas as memórias: boas e más.
Aquelas memórias da sua infância, em que ele era tão inocente, mas feliz. E aquelas que ele não queria relembrar, mas que o atormentavam a toda a hora.
Não sabe o que fazer! Fixa o horizonte, o interminável, o eterno,...
Resta-lhe esperar, aguardar pacientemente o futuro. Não consegue usufruir do presente, pois tudo o que fez no passado o acorrenta e não o deixa viver!

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário