Os Pequenos Jornalistas
Pesquisa

Festa de Fim de Ano-Balanço do Ano Letivo
Por Maria Teresa Portal Oliveira (Professora), em 2015/08/07450 leram | 0 comentários | 124 gostam
O convívio final de encerramento do ano letivo e festa de aposentação de algum docente ou não docente, com uma centena de convivas, ocorreu a 8 de julho, no polivalente da Escola Básica das Taipas.
Com uma decoração colorida com flores amarelas que os convivas colocaram no cabelo, no decote.. e arranjos florais com hortênsias, respirou-se camaradagem, confraternização e alegria tendo estado presentes juntas de freguesia (compareceram Taipas, Longos Sta Cristina e S.Martinho), associações de pais ( EB Charneca, EB Pinheiral) e as enfermeiras da UCC Sol Invictus.
Este ano letivo aposentou-se apenas uma assistente operacional – a Maria José Sousa Pereira Pontes Costa.
Depois da refeição, o diretor fez uma espécie de balanço do ano findo e agradeceu e dedicação e o empenho a todos quantos trabalham com o agrupamento desde a Câmara, às juntas de freguesia e associações de pais pela ajuda prestada, sendo parceiros importantes na tarefa educativa, a presença dos outros atores educativos (pessoal docente e não docente) que, apesar dos obstáculos e dificuldades crescentes, da austeridade e das mudanças legislativas, permitiram manter um clima de relativa tranquilidade quando se impunham palavras como “mobilidade”, “racionalização”, “requalificação”. E fez um agradecimento muito especial às associações de pais pela sua mobilização face à situação da Educação Especial reforçando o poder parental como sendo capaz de resolver problemas que a escola não consegue como ficou demonstrado coma vinda de mais dois professores para a Educação Especial. A ida ao Porto e a deslocação à Assembleia da República deram visibilidade ao agrupamento que recebeu ao longo do ano deputados de todas as fações partidárias. Mais uma vez, manifestou o reconhecimento do AET à empresa Herdmar na pessoa do seu representante, o senhor Mário Marques, e ao senhor Domingos Maia (o professor Maia, como lhe chamam os alunos) que permitiram que a área das cutelarias do Curso Vocacional continuasse a ter grande sucesso entre os alunos, tendo marcado presença no Cortejo Etnográfico nas Festas da vila. Felizmente, houve profissionalismo e as pessoas não esmorecem, porque continuam desejosas de dar a volta às dificuldades e de lutarem pelo sucesso educativo do agrupamento.
Aludiu ao plano de atividades que, embora ambicioso, foi cumprido na sua totalidade, privilegiando, como era dever e obrigação, as atividades que envolveram parcerias: saúde (equipa da saúde escolar- UCC Sol Invictus), segurança (Escola Segura), ambiente, BE (vinda de escritores, encontros, debates e Dia do Agrupamento com o envolvimento da comunidade), desporto escolar (excelente desempenho em voleibol feminino, no gira vólei e no rope skipping), clube de jornalismo (com vida online) pelo envolvimento dos alunos e divulgação do AET. De mencionar os mecanismos de autoavaliação através do Observatório de Qualidade e o plano de formação, estando no momento 47 professores dos 2º e 3º ciclos a fazerem formação paga.
 E agradeceu a todo o pessoal docente, aos coordenadores de departamento, aos subcoordenadores, aos coordenadores de escola, aos DT e respetivos coordenadores, aos coordenadores dos diversos projetos o esforço, empenho e dedicação que tornaram possíveis estas realizações, bem como ao pessoal não docente pela disponibilidade permanente, reconhecendo –os como elementos importantes na vida da escola, sendo eles, muitas vezes, quem primeiro ouve, ajuda e apoia os alunos nas suas problemáticas.
Deixou ainda uma palavra de apreço e de agradecimento à equipa que trabalhou na direção: a Teresa Portal, a Maria Augusta, o José Maria e a Rosa.
Outro aspeto muito positivo que também realçou foram os resultados escolares dos alunos. Sendo esta a tarefa mais nobre dos professores e das escolas, foi motivo de grande satisfação e orgulho chegar ao final do ano letivo e ter, num universo de mais de 1500 alunos do ensino básico, dos 1º ao 9ºano, o agrupamento faz parte do conjunto de escolas que maior taxa de sucesso tem no país rondando os 95%!
Seguiu-se o momento de homenagear os docentes e os AO que, ao longo do ano, chegaram ao fim das suas longas carreiras profissionais. Desta vez, apenas uma, a Maria José Costa foi alvo de homenagem, tendo o elogio sido feito pela subdiretora Teresa Portal que mencionou o desempenho meritório da trabalhadora enquanto funcionária do jardim de infância de Vieite, onde trabalhou muito tempo e desde que o agrupamento se formou em 2001.
À jubilada foi entregue uma placa do seu desempenho profissional , tendo sido convidada a regressar à casa que agora deixa mas onde será sempre bem recebida. A funcionária retribuiu a homenagem que lhe foi feita com a oferta à escola- sede de um bordado de Guimarães, já encaixilhado e colocado na entrada da escola.
No fim do jantar, muitos foram ao bar tomar o cafezinho da praxe e os mais corajosos ainda deram um pé de dança. Depois foi o recolher a casa que, no dia seguinte, havia trabalho.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário