Os Pequenos Jornalistas
Pesquisa

Formação sobre “Bullying”
Por Maria Teresa Portal Oliveira (Professora), em 2015/08/06636 leram | 0 comentários | 463 gostam
A Escola Segura deslocou-se à EB Taipas, em abril, a uma turma do sétimo ano por causa de uma ocorrência de cyberbullying.
O cyberbullying é a utilização indevida de tecnologias de informação e comunicação (telemóveis, i-pads, i-pods, computadores…) para dar apoio a comportamentos deliberados, repetidos e hostis praticados por um indivíduo ou grupo com a intenção de prejudicar outro.
Os agentes alertaram os jovens para a criminalização destes atos através de lei saída recentemente e que veio legislar esta forma tão violenta de “odiar” e “humilhar”, consciencializando-os para a realidade do cybercrime.
Indicaram sinais de alarme que ajudam a despistar vítimas (isolamento, decréscimo no rendimento académico ou profissional ou aumento das horas de estudo-atenção focada numa tarefa, não querer estar com amigos e colegas, não querer sair de casa, não atender o telefone, outros) e aconselharam os alunos a reportarem o caso a um adulto (pai ou professor) e a guardarem as mensagens recebidas para se poder chegar ao cyberbully.
Referiram ainda que, apesar de todos saberem disso, não se devem partilhar dados pessoais como fotos e nº de telemóvel nas redes sociais, pois isso facilita a vida aos agressores. Uma ultima sugestão para minorar o sofrimento da vítima será mudar p e-mail, bem como passawords, contas de redes sociais…
O melhor mesmo será “Não te exponhas nem facilites o acesso aos cyberbullies!”.

Mais Imagens:

Comentários

Escreva o seu Comentário