Os Pequenos Jornalistas
Pesquisa

“SOMOS EXCELÊNCIA”
Por Maria Teresa Portal Oliveira (Professora), em 2015/08/05582 leram | 0 comentários | 460 gostam
A 28 de junho, realizaram-se no Centro Cultural Vila Flor, para os trabalhadores da autarquia vimaranense duas sessões de formação (uma de manhã e outra de tarde), subordinadas ao tema “Somos Excelência!”
O presidente da Câmara, Dr. Domingos Bragança, acolheu os presentes alertando-os para o conceito essencial de envolvência “Conta Comigo!” (sustentabilidade ambiental, consciência ecológica de deixar para os outros uma Terra melhor do que a que nos foi legada), para a amizade que está na base do rigor, do entusiasmo, da emoção, do empenhamento de cada um no trabalho e para a candidatura a Capital Verde Europeia.
A Vereadora da Educação e dos Recursos Humanos, Drª Adelina Paula Pinto, apresentou a metáfora do girassol, a mesma ideia, a mesma matriz e salientou os três Ms: “somos menos (6,6% que equivalem a cento e tal trabalhadores), somos mais velhos (média de idades- 45 anos) e somos mais mulheres (54% dos trabalhadores)”.
Isso implica que os trabalhadores têm de ser DIFERENTES: D-dinâmicos, I-inovadores, F- facilitadores, E- envolvidos, R- resilientes, E- empreendedores, N- notáveis, T- tolerantes, E- especiais, S- solidários.
“Somos bons, mas como podemos ser EXCELENTES?” perguntou e apresentou o orador, o engenheiro João Catão, agitador de mentes inquietas, coaching lover, optimista e militante da vida que entusiasmou a assembleia desde o início da sua intervenção, incentivando as pessoas a colaborarem com ele e a irem ao palco desde logo com os nascidos a 11 de janeiro (Dia do Obrigado à vida, à natureza, aos pais…) e 30 de junho, pois em 1911 surgiu a bandeira da república, alertando para o facto de haver apenas duas bandeiras no mundo com o globo representado- Portugal e Brasil.
E seguiu-se uma torrente de palavras, de expressões e atividades que levaram a assembleia ao rubro, saindo de lá mais leves, mais otimistas e a encarar a vida de modo diferente.
Algumas ideias/ sugestões devem ficar registadas: “usem e abusem da palavra OBRIGADO”; “Um povo culto pensa, não se preocupa com o ordenado mas com a sustentabilidade do planeta”; “Como pessoas e como profissionais somos mais felizes a agir do que a reagir”; “desliguem o complicómetro”; “o suicídio está nos países do TER”; “sejamos atores da vida e não espectadores dos outros”; “cada um de nós é único, é especial”; “resistir à mudança é das as boas vindas ao comodismo, à aceitação e ao conformismo”; “enchamos as cabeças com cousas positivas”; “90% do nosso tempo é consumido a resolver problemas”; “ou és por mim ou és contra mim”; “a nossa mente tem muita “habilidade” para semear em nós muita porcaria”; “todos aqueles que fazem só porque têm de fazer vão ser desclassificados”; “temos de matar a República dos Medos”; “o segredo a Excelência é a partilha”; “o NÃO tem de ser fabricado, há que o trocar por AINDA NÃO ou TALVEZ”; “somos o resultado dos pensamentos que dominam a nossa mente”; “vivemos num mundo de possibilidades e oportunidades. O resto é apenas teoria.”
Quais as características TOP? Adaptabilidade, flexibilidade e eficiência.
E eis o método 5 UP: 1- promover um discurso interno positivo; 2-apreciar e encorajar os outros; 3-focar-se na solução e não no problema; 4-sair da zona de conforto; 5-desenvolver o humor e a criatividade.
Qual é a diferença que faz a diferença? Nada de valor se consegue sem esforço, persistência e dor.
Para isso é necessário: 1- gostar do que se faz; 2-empenho; 3-criatividade; 4-resiliência; 5-persistência; 6- ambição; 7- desenvolvimento pessoal; 8- propósito (trabalho de equipa).
E terminou com um desafio “Sejam tudo aquilo que possam ser…!”
Resta esperar que o público tenha estado atento e tenha saído do Palácio Vila Flor com vontade de “mudar para melhor” e de trabalhar para a EXCELÊNCIA.


Comentários

Escreva o seu Comentário